Connect with us

Cursos Online de Inglês

Cursos Online de Inglês

WAS x WERE | Qual a diferença e como usar?

Videos Diversos

WAS x WERE | Qual a diferença e como usar?

ATENÇÃO!!!! Fala pessoal, Mairo Vergara por aqui 🙂 Queria convidar todos vocês para participar da 8ª Semana do Inglês, que vai rolar de 7 a 11 de agosto, um evento 100% online e gratuito sobre o aprendizado do inglês, não deixe de participar! Mais informações e link de cadastro: https://goo.gl/nJhZmN

—————————–

Olá, pessoal! Aqui é o Mairo Vergara com mais uma dica de inglês. Hoje, eu vou falar sobre a diferenciação entre Was e Were, um tópico bem básico. É bem básico porque essas palavras são variações do verbo to be, sim o famoso to be que você estuda na primeira, segunda, terceira e todos os anos da escola.

Todo ano de inglês no colégio é a mesma coisa: verbo to be. Mesmo assim tem que gente ainda que não sabe e é importante cobrir todas as variações. Basicamente, o verbo to be significa ser ou estar. O inglês é uma coisa meio louca, já que não tem um verbo para o ser e estar. É tudo a mesma coisa.

Quando você quer falar do passado para dizer que alguma coisa foi ou estava vai utilizar o verbo to be nas variações do was ou were. Às vezes, as pessoas se confundem, só que é muito fácil.

Utilização do Was

Não pense na regra e foque apenas na estrutura. I was here (eu estava aqui). He was here (ele estava aqui), She was here (ela estava aqui). It was here (isto estava aqui ou foi aqui). São supersimples, não tem mistério e você já aprendeu tudo sobre elas. Você tem que aprender a diferença de was e were.

A minha sugestão é que você fique que nem um maluco andando pela sua casa nos próximos dias repetindo sem parar essas estruturas. Mas, você tem que imaginar que está falando realmente aquilo.

Para deixar a sua pronuncia mais bonita tente fazer um som de z com uma transcrição fonética /wez/. É uma dica para melhorar um pouco o seu inglês. Depois de praticar como um maluco e já tiver internatlizado à estrutura, você terá aprendido a usar o Was. Na seqüência, virá o were com a transcrição fonética: /wer/.

Utilização do Were

Agora você vai falar: You Were (você estava). We were (nós estávamos). They were (eles estavam). Da mesma maneira que você ficou repetindo as outras estruturas do Was, você vai sair falando as frases com o Were até o seu cérebro internalizar.

Quando isso acontecer vai ficar tudo claro mesmo sem ter estudado a gramática ou as regras. Você só absorveu as estruturas e tudo ficou claro. Quando você começar a fazer coisas em inglês vai notar as diferenças e quando escutar um “You was” vai soar estranho e não vai fazer sentido. Você vai saber automaticamente que está errado, já que fixou internamente a estrutura.

Exceções a regra

EU também quero fazer uma ressalva: você vai se deparar com o caso de Were com I, lembrando que eu ensinei I was. Sabe aquela música da Beyonce If I Were a Boy?

Em alguns casos quando a sua intenção é falar “se eu fosse” ou “eu queria ser risco” fica “I wish I were rich”, por exemplo. Tem alguns casos com leves variações, mas são exceções.

Sendo que isso você vai aprendendo essas exceções com o tempo e o contato com o idioma. Mas, o básico é o que eu ensinei na dica de hoje para internalizar e não pensar na regra a fim de usar as duas palavras corretamente.

► ASSINE O CANAL: https://goo.gl/1xSD0A

► VISITE O SITE: https://goo.gl/iHHpuE

► CURTA A FANPAGE: https://www.facebook.com/mairovergara2

Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

To Top